top of page
  • Foto do escritorsivergs

Espaço Vídeo Unisind FIERGS/SIVERGS, FOTO: Camila Schafer Ascom DPE RS



Projetos do SIVERGS chegam ao poder público.


Proposta de convênio foi para formação, capacitação e com

atendimento social.


"Só o trabalho gera renda, liberta pessoas e fomenta o desenvolvimento", assim vem trabalhando o SIVERGS nos últimos 6 anos com o propósito de criar serviços e defender o setor da Indústria de Moda e Vestuário no RS.


No dia 13.11.2023 prova que a atuação está chegando onde as decisões são tomada, o SIVERGS recebeu a cúpula da Defensoria Pública do RS, por intermédio do Dep. Estadual Gustavo Victorino (Republicanos), esse conhecedor das atividades do SIVERGS no campo de formação profissional juntos com o SENAI Moda RS. Nesta oportunidade, o Defensor Geral do RS Antonio Flávio de Oliveira, demonstrou interesse no convênio do SIVERGS de formação profissional e apresentou suas dificuldades quanto a recolocação de mulheres vitimas de violência doméstica além das apenadas que retornam a sociedade após o cumprimento de pena.


Recebido pelo Vice Presidente e Diretor de Comunicações do SIVERGS, Rogério Bértoli e pela Diretora Katiane Martins, a equipe da DPE/RS passou uma breve explanação da situação atual em duas frentes, uma apresentada pela sra. Liseane Hartmann, Defensora e Diretora do Núcleo de Defesa da Mulher, e segunda frente pela sra Cintia Luzzatto, Defensora e Diretora do Núcleo de Execução Penal. Já o SIVERGS apresentou sua estrutura e serviços prestados aos Associados e não associados, e claro, que focamos no projeto de Formação Profissional, deixando bastante explicito, que nossa entidade deve apresentar resultados aos Associados com pessoas aptas para ingresso imediato nas empresas que necessitam dessas pessoas formadas.


Após algumas explanações de parte a parte, definiu-se que buscaremos formar um convênio com a DPE/RS e montar uma turma em 2024 de Costura Básica Industrial 160h, inicialmente com a frente zero de periculosidade, ou seja, uma turma com as mulheres vitimas de violência doméstica apresentada pela sra Hartmann, que nos destacou haver muitos casos que necessitam adquirir uma profissão para sua manutenção e de seus filhos.


A segunda frente foi da sra. Luzzatto, que foi apresentada à Reunião de Diretoria do dia 14.11.2023, e houve uma pequena reticência, devendo a proposta ser melhor avaliada e verificada a fundo. Esse trabalho à ser realizado no primeiro semestre de 2024, começará pelo convite de visitação à PECAN em Canoas RS e ao Presidio Feminino de Guaíba, feitos no encontro, ambas como forma de conhecimento e construção de um novo convênio. Já a ideia original de instalação da UMO nesses locais, foram descartadas neste primeiro momento e condicionados a construção do novo convênio e que precisará atender as premissas do SIVERGS e do SENAI, algo para 2025 apenas.


Novamente o SIVERGS atuará dentro de seus dois projetos, sendo o primeiro o de Formação Profissional e o segundo, o COSTURANDO O BEM, projeto de atendimento social, neste caso o de vítimas de violência.


SIVERGS atendendo as necessidades da Indústria do Vestuário do RS.


S I V E R G S Se és vestuário, agora já pode ser SIVERGS.




111 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


bottom of page